O Multiverso de EPIFANIA: Deuses em Nós

Mas afinal, qual é ou como é o cenário de EPIFANIA: Deuses em Nós? A resposta é simples:

Qualquer um.

Embora tenha como cenário padrão o mundo atual, EPIFANIA não se restringe a uma única opção e possibilita, literalmente, qualquer cenário.

Ele “brinca” com várias teorias, hipóteses e conceitos da moderna Cosmologia, como por exemplo, o conceito de Multiverso: não existiria apenas o universo que observamos através dos telescópios espaciais, mas sim uma infinidade de universos onde o nosso seria apenas mais um.

Outra hipótese cosmológica presente no jogo, é a de que qualquer realidade que se possa imaginar existiria em algum lugar do Multiverso. Qualquer uma.

Existiria então uma Terra onde na era vitoriana realmente existiu um detetive chamado Sherlock Holmes, uma outra onde os nazistas ganharam a II Guerra Mundial, e outra ainda onde os seres humanos desenvolveram super-poderes. Podem existir mundos de fantasia como a Terra Média ou Forgotten Realms, ou qualquer outro cenário, por mais delirante que seja. Qualquer possibilidade, qualquer cenário.

E qualquer um deles poderia ser um dos inúmeros mundos prisões onde Primordiais estariam aprisionados no Simulacro – falaremos sobre isso nos próximos artigos.

E o mais importante: quando os personagens dos jogadores mudam de patamar de jogo, eles passam a ter a possibilidade de ir para outros mundos – também falaremos sobre isso futuramente.

Quer saber um pouco mais antes dos próximos artigos? Baixe agora o PDF de playtest aberto do EPIFANIA no link abaixo e descubra! Para isso, basta estar logado aqui na REDERPG, o que pode ser feito através do Facebook:

Epifania Playtest e Fichas (357 downloads)

 

* * *

EPIFANIA: Deuses em Nós é um RPG multigênero e sem fatores randômicos, um RPG que não usa dados nem qualquer outro acessório que os substitua. Nele cada jogador encarna um deus que foi aprisionado no Simulacro, uma existência mortal onde ele reencarnou por centenas de anos ignorando sua verdadeira natureza e poder, a mais perfeita prisão sem grades. Os personagens dos jogadores estão despertando ou despertaram recentemente de seu aprisionamento, e agora querem ascender e reaver o seu lugar no Multiverso.

Este é o novo RPG de Marcelo Telles (Crônicas da 7ª Lua, Reia e Conspiração do Amanhecer), criador e Coordenador da REDERPG, que será lançado em financiamento coletivo pela New Order Editora.

A imagem, arte, logo e design do playtest de EPIFANIA são de Diego Silva.

Acompanhem e curtam a fanpage do EPIFANIA: Deuses em Nós e participem do grupo de discussão no Facebook:

facebook.com/EpifaniaRPG/

facebook.com/groups/epifaniarpg/

 

13664643_657669784387138_2028804841_n

Comentários