Entrar
Ir para
Pesquisa
Novidades na RedeRPG!

Cade a REDE que estava aqui?


Não, o dragão não comeu... Mas nos mudamos de endereço, gerenciador, layout... Vá lá conferir!

A NOVA REDERPG em www.rederpg.com.br/wp



Estaremos mantendo esse espaço como arquivo. Se o artigo ou download que você estiver procurando não puder ser encontrado, é bem provável que ele já tenha sido transferido pro site novo . Se você possui conversas importantes em nosso fórum, aproveite para fazer um backup. Avisaremos no novo site quando formos deletar esse espaço.


Tópicos das notícias

Underground: Cinema : Eragon: A Saga dos Dragões da Força
Enviado por RedeRPG em 04/01/2007 00:04:00 (3993 leituras) Notícias do mesmo autor
Underground: Cinema

Por Fabiano "lordmon" Silva
Equipe REDERPG

Senhor dos Anéis mostrou que existe público para filmes de fantasia. Tivemos Nárnia, Irmãos Grimm, o desenho de Dragonlance e agora Eragon. Mas nenhum deles chegou aos pés de Lord of the Rings. Nárnia é um bom filme para crianças, foi o melhor até agora, mas todos os filmes não aprenderam a maior lição de Peter Jackson: Produza o livro e filme a história. Eragon, é apenas mais um.

Há muitos e muitos anos, em uma terra muito distante... Um grupo de cavaleiros protege o reino de toda crueldade, levando justiça e esperança. Até que, um deles (Tchan Tchan Tchan) trai os outros cavaleiros (Ohhhhhhhhhhh que surpresa), matando todos os seus antigos companheiros, começando um império de maldade e opressão. Anos mais tarde, um grupo de rebeldes luta pela liberdade, mas eles são poucos e têm míseras esperanças. Contudo, uma princesa envia um grande segredo, roubado do Imperador (que segurança boa), para um simples fazendeiro. Então, esse jovem fazendeiro descobre que tem o poder dos antigos cavaleiros. Infelizmente o Imperador descobre e mata o tio do jovem fazendeiro (por que são sempre fazendeiros?). Um antigo guerreiro acolhe o jovem cavaleiro, e os dois partes em busca dos rebeldes para usar seus poderes de cavaleiro e acabar com o Império.

Parece familiar? Troque os Cavaleiros Jedi por Cavaleiros Dragões e você tem a história de Eragon. A comparação é exagerada, mas a trama é “indiscretamente” parecida com Star Wars. Se o problema fosse só esse... Mas o roteiro é fraco. Mais uma vez Hollywood cai no erro de 99% das adaptações, filmaram o livro e não a história. Peter Jackson já mostrou como se faz, mas esse pessoal não entende. Livro é livro, filme e filme. Você precisa adaptar o livro para torná-lo um bom flime. E não filmar o que foi escrito. Os personagens passam 1 hora andando pelo mundo. Eles vão de Madagascar para Omsk (Sibéria) só para voltar a Madagascar quando chegam na fronteira de Omsk. Ai, quando voltam ficam 5 minutos em Madagascar e decidem seguir novamente para Omsk....

E durante a viagem não acontece nada. O diretor podia ter aproveitado para explorara a relação de Eragon e seu Dragão, Eragon e Brom, mas não faz isso. Os personagens não são cativantes, não evoluem. Falha do diretor que não soube tirar o máximo dos atores e do roteiro. Tem uma cena em que o sub-chefe, Durza (ou Saruman), fica no alto de uma montanha incentivando seu exército que vai a guerra. Onde isso já aconteceu? O pior é que o roteiro nem segue o livro ao pé da letra, fazendo adaptações desnecessárias, como mudar a cor do ovo de dragão, adaptações que só pioram o filme.

Eragon é um adolescente mimado e bobalhão, que após quase matar seu Dragão três vezes por sua infantilidade, ainda quer entrar sozinho na fortaleza do inimigo... Pelo menos assim, conhecemos a supertática secreta para invadir fortalezas do mal: basta colocar um capuz negro, porque vocês sabem, negro é a cor do mal, então quem usa capuz negro é do mal, então pode entrar. Brom é um velho guerreiro ranzinza e Durza é mal, muito mal... Sua personalidade é maléfica default número 3. Ele é mal mesmo. E o Dragão? É uma menina, que tomou o soro de crescimento dos clones de Kamino, mas foi enfeitiçada e pensa estar jogando "Tudo o que seu mestre mandar". Pena que seu mestre é um Jar Jar Binks de 17 anos.

As atuações estão no mesmo nível do resto do filme, fracas. Não é possível tirar uma boa atuação sem um bom roteiro. Até os bons atores ficam presos em papéis sem profundidade. Edward Speleers, Eragon, não é fraco como outros jovens atores, como o Anakin chorão, Hayden Christensen, mas não tem como melhorar a atuação. Porém, não atrapalha. Jeromy Irons se redime um pouco do papel que fez em D&D, o filme, mas também não convence. A bela Sienna Guillory, a Jill Valentine de Resident Evil, passa mais tempo gritando que interpretando. E o grande John Malkovich... Ele tava no filme? Ah é! Ele é o vilão-mor que só aparece em 3 cenas...

A parte técnica tem altos e baixos. O dragão, Safira, está perfeito, parece muito mais real que qualquer alien de Star Wars. Suas cenas encaixam com perfeição com os atores. Mas, o filme sofre da falta de recursos. Todo investimento foi para a computação gráfica de Safira e faltou para as cidades, pequenas e sem graça. A fortaleza do mal, parece um museu abandonado. E a grande batalha final é sem emoção. Câmera em movimento perdeu o charme em 1990 com Gladiador. Não tem mais graça assistir uma luta em Forward onde o espectador não sabe quem é o vilão e quem é o herói. Não é a toa que a direção seja tão fraca e os efeitos especiais acima da média, o diretor é o novato Stefen Fangmeier, antes diretor de efeitos especiais de grandes filmes. O figurino de Eragon também merece destaque. As roupas dos Varnen são bonitas e criativas.

A sorte de Eragon é que não fizeram os três filmes juntos, é uma trilogia, ou os três seriam ruins. A segunda parte tem chance de ser um bom filme, os atores não são ruins e a história não é péssima. Basta um bom roteiro e boa direção. Mas Eragon é mas uma prova de como não adaptar um livro para a sétima arte.

Mas vale uma visita à locadora, ou ao cinema. Pagando meia.






Eragon
Nota Final:
3
Roteiro: 3
Direção: 3
Produção: 4

Site Oficial: http://www.eragonmovie.com/

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo
Turbinado pelo XOOPS 2.0.18 © 2001-2008
Os artigos aqui publicados são de propriedade e responsabilidade de seus autores. Não os copie sem prévia permissão.
© 2002 - 2008 . Rede RPG. Todos os direitos reservados
(1995 - 1999 : Trails-RPG)
Design Original by Cláudio Delamare