Arquivo REDERPG: O Rei do Inverno, de Bernard Cornwell

Em tempos de Game of Thones, uma outra série de romances está disponível em português que todo jogador de RPG deveria ler – além de O Senhor dos Anéis, é claro. A trilogia de Crônicas de Artur, de Bernard Cornwell, recria o mito do Rei Artur e os Cavaleiros da Távola Redonda sob um ponto de vista realista e histórico. A resenha a seguir do primeiro volume da trilogia, O Rei do Inverno, foi escrita por Daniel Braga e originalmente publicada no antigo portal em 9 de maio de 2003 (1572 leituras). Confiram: O Rei do Inverno Você consegue imaginar

Ler mais

Dicas de Jogo #165 – Profecias

Golpe Duplo Profético – Edição Especial com Dois Artigos sobre Usar Profecias em Seus Jogos ARTIGO 1 AS PALAVRAS DOS PROFETAS – A CRIAÇÃO E O USO DA PROFECIA EM UMA CAMPANHA DE JOGO Um Artigo Convidado de Jay S. Willis atlaslaw@zoomnet.net Profetizar ou Não Profetizar? O uso da Profecia em qualquer RPG é uma ferramenta excelente para os mestres. Porém, antes de decidir utilizar Profecias em seu jogo, você deveria responder a uma pergunta essencial: A campanha precisa de uma Profecia? 1.      Especificamente, qual é o propósito de incluir uma Profecia na campanha? Respostas possíveis: Para prejudicar ou frustrar

Ler mais

Liber Magiae – A Ordem Arcana Minosiana

“Magia clauis criationis est” (A Magia é a chave da criação) Lema da Ordem Arcana Minosiana Para a grande maioria da população, como para uma boa parte do clero e até entre a nobreza de Eurone, a Ordem Arcana Minosiana é vista como uma sólida organização que se dedica ao estudo da magia arcana pelo continente. Contudo, essa fachada é aparente, pois na verdade ela é formada por uma dezena de pequenas ordens, chamadas de Casas, unidas por um objetivo, crença e código de honra comum. Conheçam, a seguir, um pouco da história da Ordem e das Casas que a

Ler mais

O Homem-Caranguejo (Storytelling)

Relato: A criatura dita homem-caranguejo tem seus relatos obscuros das mais diversas fontes. Suas origens de fato são desconhecidas. Mas o tempo fora promissor em fornecer várias fontes de histórias e relatos. Claro, ninguém sério ou normal levaria tal hipótese adiante ou a submeteria a verificação. Qualquer criatura sã e consciente definitivamente rirá de um interlocutor assim, exceto talvez “nas Alagoas”, já diriam um ‘Sargento Getúlio’ da vida. No ‘Ciriji’, os clãs mantêm seus registros, ordens obscuras e terceiras mantêm seus registros, ‘aqueles que não são mencionados’ também têm seus registros e suas provas. Afinal, rir de tal fato é

Ler mais

Os Elfos Negros de C7L

Eu gostaria de começar esse artigo especial com algumas explicações. Primeiro, revisar um pouco um dos conceitos sugeridos originalmente para os elfos de Crônicas da Sétima Lua. Como a idéia era manter o papel da raça, mas também lhe dar novos contornos, os elfos seriam uma raça de semi-imortais que possuiriam um forte laço de comunhão com a natureza. E com isso não queríamos dizer meramente por florestas: haveria elfos em comunhão com rios, montanhas, desertos, geleiras e mares. Da mesma forma que os elfos-do-mar eram totalmente adaptados para sua terra natal, assim também seriam os demais. Contudo, tal proposta

Ler mais

Reia: Civilizações Antigas, Dragões e Artefatos

Saudações, heróis! Por ocasião do lançamento do Réia – Cenário de Campanha, me questionaram no Orkut sobre de onde viria, no cenário, os artefatos e os tesouros dos dragões, uma vez que só teria havido um único grande império no passado do continente de Eurone, no caso, o antigo Império Minosiano? Esse foi um questionamento relevante e, naturalmente, um excelente tema para a nossa coluna mensal. Primeiramente é bom salientar algo importante: meu objetivo sempre foi fazer do Réia uma linha de livros pequenos, bons, bonitos e baratos. Um cenário com produtos adequados à realidade econômica do jogador brasileiro. Mas

Ler mais

Geografia: O Mapa de C7L e os Reinos do Oeste

Saudações, aventureiros! Nesta semana começaremos a apresentar a geografia do continente de Aldar, onde se passam as aventuras de Crônicas da Sétima Lua. Tivemos plena liberdade para o desenvolvimento dos reinos em C7L, e buscamos explorar nesse processo criativo as combinações que a 3ª edição de Dungeons & Dragons tornou possíveis. Assim, embora tenhamos partido de algumas idéias pré-estabelecidas (como a necessidade de uma região para os aventureiros terem como base, um reino bárbaro, um império expansionista, entre outras), o resultado final foram reinos muito variados, que permitem a construção de personagens explorando muitos aspectos do jogo e a elaboração

Ler mais

Curumatara – De Volta à Floresta

Curumatara: de volta à floresta é um livro-jogo de Maria do Carmo Zanini e José Roberto Zanchetta, com arte de Ivan Nunes, pela Devir Livraria. Trata-se de  uma história em que o leitor é o personagem principal e pode decidir o que dizer e fazer a cada cena. Esse personagem é uma criança de dez a 12 anos, morador de uma cidade interiorana de porte médio, São Valêncio dos Oradores. Um belo dia, o leitor encontra o Curupira caído no meio da rua e é então que a aventura começa. O Curupira precisa retornar a sua matinha para salvar os

Ler mais