Delegacia de Jogos e Diversões: Entre Boêmios & Decaídas, uma galeria de criminosos narcisistas!

HISTORIADOR RPGISTA LANÇA NOVA EDIÇÃO DE UMA FICÇÃO POLICIAL

No final dos anos 1940, a boemia carioca era um caldeirão no qual se misturavam músicos, dançarinas, falsários, meretrizes, jogadores e criminosos dos mais narcisistas. Sobre eles pairava a vigilância corrupta e violenta da famigerada Delegacia de Jogos e Diversões. E, em meio a incêndios causados por dançarinas piromaníacas, mortes inexplicáveis num famoso cabaré, atentados contra promotores e a misteriosa confissão de um mágico fichado pela polícia, o jovem investigador Natã terá que aprender que nem tudo é o que parece ser.

Silva Pacheco, historiador e antigo redator da REDERPG, está relançando seu livro Delegacia de Jogos e Diversões como produção independente pela Amazon brasileira. Uma mistura de sua pesquisa de 14 anos em arquivos policiais com as histórias que narrou em mesas de RPG, o livro traz uma série de personagens pitorescos, como uma dançarina piromaníaca, um detetive obcecado por meretrizes, um misterioso jogador e um mágico que jura que fará a tal Delegacia desaparecer. A trama se passa no final dos anos 1940, época na qual a Delegacia realmente existiu (e era responsável pelo jogo, pela boemia e pelo meio artístico), bebendo de histórias detetivescas inspiradas na cidade de Gotham City (o autor é fã do Batman), Dick Tracy, Sin City e Spirit.

O livro está com uma promoção simplesmente imperdível. Confira no link a seguir:

amazon.com.br/Delegacia-Jogos-Divers%C3%B5es-criminosos-narcisistas-ebook/dp/B07Z9PC4XB/

 

Share This Post

Leave a Reply