Troque o seu Rastro de Cthulhu velho de capa mole por um novo de capa dura!

É isso mesmo que vocês leram! Aqueles que têm a segunda edição brasileira de Rastro de Cthulhu, a de capa mole, poderão adquirir um exemplar da nova edição revisada de capa dura pela metade do preço, apenas dando o seu livro velho como parte do financiamento coletivo dessa nova edição! Ou seja, vocês vão pagar apenas R$ 50 reais em um livro luxuoso de capa dura (tal qual a primeira edição) com conteúdo revisado, mais os custos de envio do livro velho de capa mole! Isso se vocês forem rápidos, porque tem apenas 42 recompensas para esse valor (depois, quem

Ler mais

Rastro de Cthulhu: Parceria com o 7º Mar (7th Sea) no Financiamento Coletivo

Olá, Investigadores! Temos uma notícia fresquinha direto de mares nunca antes navegados! Estamos fazendo uma parceria incrível com a New Order e o seu financiamento do 7º Mar, o incrível RPG do John Wick que acabou de receber uma segunda edição lá fora e que agora vai desembarcar em terras tupiniquins também por financiamento coletivo. Inclusive ele acabou de bater sua meta básica! Mas vamos ao que interessa… Com essa parceira Retropunk-New Order quem ganha são vocês financiadores! Vamos escrever uma aventura multissistema para Rastro de Cthulhu e 7º Mar que se passa no período das navegações e que obviamente

Ler mais

Rastro de Cthulhu: Começou o financiamento coletivo da Edição Revisada

Em 2010, a RetroPunk anunciou, durante a RPG Con em São Paulo, o lançamento do jogo Rastro de Cthulhu, na época o primeiro RPG sobre o Mythos de Cthulhu no Brasil e que une um excelente cenário com o sistema de regras GUMSHOE e suas mecânicas mais voltadas ao narrativismo. Rastro de Cthulhu também foi o primeiro jogo publicado pela novata RetroPunk, fundada oficialmente em maio de 2010, e seu lançamento aconteceu através de pré-venda com o livro sendo entregue/despachado em 8 de janeiro de 2011. Desse lançamento foram produzidos apenas 500 exemplares com capa dura e miolo em sépia

Ler mais

Pré-venda: Chamado de Cthulhu, segunda impressão

Quem não participou do bem sucedido financiamento coletivo do Chamado de Cthulhu RPG (Call of Cthulhu), pode agora comprá-lo na pré-venda da segunda impressão pelo excelente preço de apenas R$ 75,00 reais! O livro de 365 páginas é em capa mole, papel couché fosco e formato A4. Essa segunda impressão já inclui todas as correções da impressão anterior. Chamado de Cthulhu é um RPG de horror baseado nos mundos de H. P. Lovecraft, nos quais pessoas comuns se confrontam com as terríveis forças dos Mitos de Cthulhu. Tudo que você precisa para jogar são este livro, alguns dados e seus

Ler mais

Onde conversar sobre RPG no Facebook?

Procurando um lugar para conversar sobre RPG de forma sadia e amigável? Procurando por um espaço plural onde possa conversar sobre qualquer sistema e cenário? Não precisa procurar mais! O grupo da REDERPG no Facebook é o lugar que você procurava. Venha participar de nosso grupo e saber das novidades mais recentes do RPG aqui no Brasil e no mundo. Para participar, basta estar logado no Facebook e ir no link abaixo: https://www.facebook.com/groups/rederpg/ E se o assunto for especificamente a nova edição de D&D, não deixe também de conferir o nosso grupo especializado nesse sistema, que inclusive traduz e disponibiliza

Ler mais

D&D: Construindo uma Cidade (Web enhancement do Livro do Mestre)

“Se você pretende jogar uma aventura extensa, ou até mesmo uma campanha longa em um ambiente urbano, é importante ter tempo e empenho para descrever a cidade. O capítulo 5 do Livro do Mestre de D&D v.3.5 fornece uma estrutura básica para descrever alguns aspectos-chave da cidade, como os seus centros de poder, bens e Personagens do Mestre (PdM) de nível alto. Este web enhancement amplia aquele sistema básico para um mais completo, mas este trabalho adicional vale a pena, em termos de boa qualidade para jogar em uma campanha baseada em cidades.” Essa é a introdução de Construindo uma

Ler mais

Amber, o primeiro RPG sem dados (resenha)

Amber: todas as campanhas que você já quis jogar… elevadas ao quadrado. Todo jogador de RPG um pouco mais experiente sabe que existem os mais diversos sistemas de RPG Genéricos por aí. GURPS, Savage Worlds, são sistemas que se propõem a criar qualquer tipo de jogo, nos mais diversos cenários. Não é disso que se trata o Amber Diceless Role Playing Game. Um pouco de background… Amber é um RPG baseado na obra literária The Chronicles of Amber (nunca traduzidas no Brasil, o que é uma pena). Nessas sagas, o autor, Roger Zelazny (amigo de alguns autores de fantasia mais

Ler mais

D&D Next – Trazendo um Jogo à Vida

É difícil acreditar que o Livro do Jogador está pronto. Nós o enviamos para a gráfica cerca de uma semana atrás. Como agora nos concentramos em finalizar o D&D Basic, o Manual dos Monstros e o Guia do Mestre, é fácil esquecer o quanto de material será lançado entre o verão e o outono. Infelizmente, as perguntas que eu tinha planejado fazer ao Rich Baker sobre a aventura do Starter Set foram vítima da correria para finalizar o Livro do Jogador. Nós falaremos disso na próxima semana. Agora, eu quero escrever um pouco sobre o enredo de Tyranny of Dragons

Ler mais

Sobre RPG e família

Sobre o RPG e família… Como apresentar o hobby aos seus familiares de modo que não passe uma idéia errada? Em primeiro lugar, fica o respeito, Pai e Mãe são autoridade e ponto final. Se preocupam conosco (no meu caso, se preocupavam anos atrás, cresci né?).  Como fui criança no fim dos anos 70 começo dos 80, tive uma infância regada a Sítio do Pica-Pau Amarelo, muita leitura (fantástica, claro), Hanna Barbera, Ultraman e afins. Minha mãe me contava histórias na cama pra dormir. Assisti Caverna do Dragão quando estreou na Xuxa. Minha imaginação fervilhava com mil idéias e aventuras.

Ler mais

A Guarda Negra de Dol Mordhar: Capítulo 2: Os Aventureiros

Exceto pelos orcs e pelos gnolls – embora estes últimos nunca sejam levados em consideração – todas as raças inteligentes e civilizações de Isaldar não são da Sétima Lua: elas vieram de Elária, chamada desde então de Mundo Primordial. Dois séculos e meio atrás, uma entidade de poder incomensurável, chamada de “A Aniquilação”, veio ao plano material com o único propósito de consumir toda a criação, começando por Elária. Os deuses desceram ao Mundo Primordial com suas hostes para lutar contra a entidade e seus servos, e logo constataram seu imenso poder. Percebendo que não poderiam derrotá-la, mesmo combinando todos

Ler mais

Desafio dos Bandeirantes: o resgate do RPG brasileiro

Nunca é tarde para se esclarecer um assunto. Mais ainda, tenho convicção de que nunca é tarde para reparar um engano. Ou, uma injustiça. A temática nacional, fora dos meios acadêmicos, nunca teve preferência, muito menos admiração. Falar em “heróis nacionais”, “quadrinhos nacionais”, “romances nacionais” etc. dificilmente empolga ou desperta interesse, com exceção de alguns poucos ufanistas ou brasileiros menos odiosos de si mesmos. Muito embora o cinema nacional tenha ressuscitado nos últimos dez a quinze anos, de forma geral filmes, séries ou quadrinhos cuja temática gire em torno da cultura brasileira são quase sempre ignorados (se não, alvo de

Ler mais

Tagmar II – O Império

…As muralhas da cidade-estado de Gershan cediam ante as máquinas de guerra do poderoso Império Aktar. O exército já sem forças após o longo cerco; o povo apavorado; os deuses surdos às súplicas e orações; a queda da cidade era agora apenas uma questão de tempo… … Um homem observava em silêncio o pobre rei perdido em dúvidas, remorsos e desespero. Aguardou imóvel até que o rei se dirigisse à ele: – “E você o que acha?! Eles matarão os meus oficiais com torturas terríveis; empalaram parte do meu povo, escravizarão centenas deles e banirão o resto pelas províncias do

Ler mais

Warhammer 40K: Dark Heresy (resenha)

Dark Heresy foi desenvolvido pela Black industry, uma empresa da Games Workshop para fazer os RPGs de suas linhas de Wargames. A Black Industry fechou logo após o desenvolvimento do RPG e a bola foi passada para a Fantasy Flight Games, que publicou o livro em 2008. De lá para cá já foram lançados dezenas de suplementos e Dark Heresy é o primeiro de quatro RPGs (o quarto foi anunciado em fevereiro desse ano, Black Crusade) que se passam no universo de Warhammer 40.000. O Background Warhammer 40.000 (Warhammer 40k ou ainda, W40k), é um universo de ficção científica gótica,

Ler mais

Terras de Shiang, novo RPG brasileiro

“ Nos confins do universo existe um sol vermelho e frio, orbitado por sete planetas gélidos, inóspitos e desprovidos de qualquer forma de vida. Sete, exceto um. O primeiro astro deste sistema – aquele que orbita mais próximo do sol vermelho – tornou-se o berço de grandes e poderosas civilizações, erguidas por criaturas inteligentes que evoluíram de simples lagartos, macacos e tigres.” Capítulo 1 – Introdução O RPG Terras de Shiang começou a ser desenvolvido em 1993, por Léo Andrade. Co-autor do ReOps (antigo OPERA RPG), do cenário para o mesmo sistema `O Mais Longo dos Dias` e de vários

Ler mais

Arquivo REDERPG: Hunter: The Reckoning (resenha)

Hunter: The Reckoning foi o aclamado jogo do antigo Mundo das Trevas que trazia os humanos que caçam criaturas sobrenaturais para os holofotes antes voltados para vampiros, lobisomens, magos, wraiths e changelings. Esta resenha foi feita por Tito Gabriel “Multifacetado” Schmidt e publicada no antigo portal em 12 de maio de 2003 (5.153 leituras). Confiram a seguir: Hunter: The Reckoning Enquanto o restante do Mundo das Trevas gira em torno dos seres sobrenaturais, Hunter: The Reckoning (“Caçador: A Revanche”) vai de encontro a isso, tratando justamente da contraparte dos mesmos: os humanos que sabem da presença do sobrenatural. Hunter é

Ler mais