in

EPIFANIA: Deuses em Nós – Informe sobre a produção e amostra da arte

Saudações, Primordiais! Antes de mais nada, mil perdões pelo longo silêncio, mas é por um bom motivo: estamos finalizando o livro básico de EPIFANIA: Deuses em Nós. Enquanto estamos terminando a revisão final dos últimos capítulos, já começamos também a fazer a editoração. Pedimos desculpas por toda essa demora, mas infelizmente outras demandas exigem nossa atenção, como trabalho (muito), família e essa coisinha grande chamada REDERPG.

Mas vamos aprontar o livro e, em breve, esperamos entregá-lo para a New Order aprovar e colocá-lo em seu calendário de lançamentos. Mas para não ficar só na conversa, trouxemos para vocês mais uma amostra da arte interna do livro. Espero que gostem! A arte a seguir é do grande Alonso Martinez Monteiro!

* * *

Quer saber um pouco mais antes dos próximos artigos? Baixe agora o PDF de playtest aberto do EPIFANIA e a ficha de personagem que estão no link e na imagem abaixo e descubra!

EPIFANIA Playtest final

 

EPIFANIA: Deuses em Nós é um RPG multigênero e sem fatores randômicos, um RPG que não usa dados nem qualquer outro acessório que os substitua. Nele cada jogador encarna um deus que foi aprisionado no Simulacro, uma existência mortal onde ele reencarnou por centenas de anos ignorando sua verdadeira natureza e poder, a mais perfeita prisão sem grades. Os personagens dos jogadores estão despertando ou despertaram recentemente de seu aprisionamento, e agora querem ascender e reaver o seu lugar no Multiverso.

Este é o novo RPG de Marcelo Telles (Crônicas da 7ª Lua, Reia e Conspiração do Amanhecer), criador e Coordenador da REDERPG, que será lançado em financiamento coletivo pela New Order Editora.

A imagem, arte, logo e design do playtest de EPIFANIA são de Diego Silva.

Acompanhem e curtam a fanpage do EPIFANIA: Deuses em Nós e participem do grupo de discussão no Facebook:

facebook.com/EpifaniaRPG/

facebook.com/groups/epifaniarpg/

 

13664643_657669784387138_2028804841_n

Deixe uma resposta

D&D 5ª Edição: Raças e Classes preferidas no D&D Beyond

Mutant: Ano Zero – Interpretando papéis: O Engenhoqueiro