Uma visita ao porão onde nasceu Dungeons & Dragons

Ethan Gilsdorf celebra a origem do D&D e apresenta o vídeo exclusivo de Jon Peterson com um tour pelo lugar aonde E.Gary Gigax e Dave Anerson criaram suas primeiras aventuras.

Com o 40º aniversário do mais icônico e significativo RPG, o Dungeons & Dragons, se aproximando e o lançamento de sua nova versão, muitos podem pensar, aonde exatamente o D&D começou?

Aqui está um olhar exclusivo sobre o vídeo que responde a essa exata questão.

Um pouco de história: Fãs e especialistas sabem que os co-fundadores de D&D, Gary Gygax e Dave Anerson se conheceram em Lake Genova, Wisconsin, a cidade natal de Gygax. Lake Geneva se tornou o quartel-general do Tactical Studies Rules (mais tarde conhecido como TSR, Inc.), a empresa que publicou D&D e outros produtos de RPG. Lake Geneva também foi o lar da GenCon, a convenção de wargames que Gary fundou e que se tornaria o maior evento do mundo no segmento. (Hoje, aproximadamente 40,000 se reunem a cada Agosto na Gen Con em Indianapolis). GenCon também é o local em que Gygax e Arneson se conheceram.

dungeons-play1

Muitas das sessões iniciais aconteceram nas décadas de 1960 e 70, na modesta casa de Gygax no número 330 da Rua Central. Em seu porão, Gygax e seus parceiros de jogos – conhecidos como “Lake Geneva Tactical Studies Association” (Estúdio e Associação tática de Lake Geneva)—pensaram seus jogos de estratégia com miniaturas e começaram a adicionar elementos de fantasia e interpretação em colaboração com Arneson, testando e aperfeiçoando as regras com seus amigos jogadores. Essas foram as regras que eventualmente se tornaram a primeira versão do D&D.

Considere o porão de Gygax o covil original dos geeks. (Sim, o estereotipo do jogador nerd em seu porão tem um fundamento real.)

A casa não é mais possuída pela família Gygax. Mas em uma pequena convenção de jogos chamada Gary Con ocorrida em março deste ano em Lake Geneva, um seleto grupo de pessoas foi autorizada a visitar, e jogar, D&D, nessa casa. O historiador de D&D Jon Peterson, autor de Playing At the World: A History of Simulating Wars, People and Fantastic Adventures, from Chess to Role-Playing Games, foi um desses poucos escolhidos, e filmou um video “Jogando na casa de Gygax” para documentar seu momento lá.

330-exterior-680x462

“Descendo ao porão de Gygax, foi como ser um aventureiro explorando alguma masmorra antiga aonde heróis de antigamente derrotaram seus primeiros monstros” disse Peterson. Enquanto a modesta casa foi aonde Gygax e sua esposa criaram 5 filhos, “as aventuras que iniciaram nesse velho porão” ele disse, “mudaram suas vidas para sempre, e muitas de nossas vidas também”.

Nesse vídeo, Peterson (que também faz as vezes de narrador) nos leva a um breve tour por Lake Geneva, incluindo o Horticultural Hall (primeira locação da Gen Con, em 1968). O salão ficava apenas uma quadra da casa de Gygax, para onde o tour vai em seguida. Primeiro vemos o térreo do 330 Center Street. Então somos guiados abaixo em direção ao porão, aonde Gygax construiu uma “caixa de areia” gigante para servir de tabuleiros para seus war games. “Jogando na casa de Gygax” mostra uma mesa reconstruída por Paul Stormberg, jogador e leiloeiro de Omaha.

Peterson explicou que pessoas viajavam por todo meio-oeste para jogar com Gygax e sua mesa de areia, seja wargame da II Guerra, batalhas de Alexandre o Grande, ou o nascente jogo de fantasia que se tornaria o D&D.

Durante a sessão especial de D&D na casa de Gygax, para a qual Stormberg serviu de como Dungeon Master, Peterson disse que experimentou a masmorra do Castelo Greyhawk “exatamente como eles fizeram naqueles dias passados.”

Para historiadores dos jogos, ou aqueles ansiosos para vislumbrar uma parte da história do D&D, o vídeo da visita de Peterson produz arrepios. Veja o momento do video no qual ainda se vê escavada na porta de madeira as palavras: “Entrance: Wargames Room.” (Entrada: Sala de Jogos de Guerra)

entrance_wargames_room-680x375

Gygax e Arneson podem estar mortos. A família Gygax se mudou para outro lugar. Mas como o vídeo revela, o nº330 da Center Street fornece o elemento-chave que liga a história original do D&D. A casa ressoa com as milhares de aventuras jogadas por lá. Foi apropriado levar o jogo de volta ao porão. Com certeza a casa sentia saudades disso.


SOBRE O AUTOR

Ethan Gilsdorf é jornalista, biografo, crítico, poeta, professor e nerd de 17º nível. Ele escreveu o premiado livro de memórias de viagem de investigação Fantasy Freaks and Gaming Geeks: An Epic Quest for Reality Among Role Players, Online Gamers, and Other Dwellers of Imaginary Realms. Os artigos, ensaios, colunas e criticas sobre as artes, cultura pop, filmes, livros, jogos, cultura geek e viagem de Gilsdorf aparecem regularmente no New York Times, Boston Globe, Salon.com, BoingBoing.net, PsychologyToday.com, GeekDad, Washington Post e wired.com e dezenas de outras revistas, jornais, sites e guias por todo o mundo. Como um especialista em cultura geek, Gilsdorf frequentemente fala em público, e aparece na TV, rádio, internet e em documentários. Ele é um amante de ELO e detesta quem joga lixo na rua. Às vezes ele usa uma túnica e cota de malha, ou estas calças de avô. Ele vive em Somerville, Massachusetts. Mais informações em ethangilsdorf.com ou segui-lo no Twitter.


Tradução: Jorge Caffé

Equipe REDERPG

Originaly posted on boingboing.net:
http://boingboing.net/2014/07/18/a-visit-to-the-basement-where.html

 

Share This Post

Leave a Reply