in , , ,

Unmasked: um jogo de adolescentes e super-heróis no terror dos anos 1980

No final de 2017, a Monte Cook Games soltou uma nova e interessante ambientação para o seu sistema, Cypher System. Escrito por um grande nome do RPG e velho conhecido nosso – Dennis Detwiller. Unmasked passa por três eixos de desenvolvimento bastante significativos: jovens com super poderes, anos 1980 e terror.

A primeira novidade que o livro apresenta é a possibilidade de produzir dois personagens com uma única ficha. Você encarnará um jovem com poucos ou quase nenhum atributos e somente um descritor. E a ideia realmente é essa! Que o jogador se depare, por exemplo, com um adolescente fraco e tímido que mal consegue se comunicar com seus colegas de turma, assumindo um novo alterego poderoso, forte e capaz de controlar a mente de seus adversários.

Desta feita, o esqueleto não foge daquele conhecido em todos os sistemas da franquia. Capítulos inicias ensinando como produzir a frase, com descritor e foco, que estará incluindo todas as características de seu supers.

O mais interessante do livro talvez seja a regra de power shifts – onde através de bônus em danos, ataques e habilidades, seu herói se destacará significativamente de um outro de uma ambientação como Numenera ou The Strange. Diante dessa nova oportunidade de potencializar seus personagens, o Mestre tem que rever seus conceitos de desafios e dificuldades, pois um monstro ou muro que traria sérios problemas para ser ultrapassado por um numeneriano, facilmente é vencido por um alterego de Unmasked.

Há também um design muito interessante quando Dennis propõe que cada adolescente produza com cifras (no caso, mementos) sua máscara, a qual será a fonte de seu poder e transformação. Essa alternativa possibilita um desenvolvimento de aventuras e campanhas bastante interessantes! Imagina seu jovem desesperado procurando a máscara desaparecida, que por acidente, foi esquecida no ônibus!

Entretanto, acredito que o maior desafio do livro e ponto positivo se encontra na possibilidade de mesclar uma ambientação anos 1980 com o clima de terror. Sabemos que parte desse processo depende bastante da iniciativa e desenvoltura do Mestre, mas o material propicia excelente fontes de informação e apoio. Boa parte do livro se preocupa em inserir o Mestre e jogador nesse clima, dando ganchos e criando oportunidades de interpretação e narração. Não pense naqueles supers que voam em meio a rua ao meio dia, derrubando postes! Unmasked propõe aventuras mais noturnas e soturnas, onde um dos piores inimigos de seu herói pode ser aquele repórter chantagista que descobriu seu segredo! Outro ponto que não deixa de surgir e se fixar: a doce crise existencial de ser um jovem nos anos 1980!

O escritor traz consigo uma proposta de ambientação em uma região fictícia de Nova York, mas que pode ser facilmente aproveitada caso queira produzir algo mais local!

Um dos grandes livros (na minha humilde opinião) lançados ano passado, Unmasked tem a oportunidade de te ambientar e auxiliar a criar uma campanha com temperos de Stranger Things e Dark sem deixar de lado o encanto de Destruidor ou Luke Cage. Vamos jovens! Porque a vida não é somente ir ao shopping, ouvindo uma Cindy Lauper em seu walkman! Segredos perturbadores se escondem nas sombras de sua cidade e seu alter ego terá de enfrentá-los e no outro dia ainda acordar bem cedo para ir à escola!

Por Tiago Rolim
Equipe REDE
RPG

Deixe uma resposta

A Teoria da Imersão no RPG

Vem aí o playtest aberto do Pathfinder 2nd Edition!