Elementos brasileiros para jogos de RPG: O Barroco

É possível: elementos brasileiros para jogos de RPG. O Barroco No segundo semestre de 2011 foi publicada na Rede RPG um protótipo de aventura pronta (Todos querem o Malandro[i]) totalmente voltada para um cenário nacional, um tipo de proposta que costuma despertar reações um tanto extremas entre os rpgistas: de um lado, aqueles que se empolgam com a idéia considerando-a perfeitamente viável e de outro aqueles que acham algo “escroto”, “ridículo”, ou que deveria ser algo restrito a uso pedagógico[ii] ou ainda a projetos mais satíricos como Bundhamidão e H-Brazil[iii]. Quando da publicação de Todos querem o Malandro esperava, portanto,

Ler mais

Três RPGs que poderão estar a venda no futuro

Os três RPGs abaixo estão em fases beta, mas é bem capaz que estejam nas prateleiras até o ano que vem. Um deles já está em processo bem avançado, estando atualmente na revisão que é o Trevas: Campanha Épica. Elementum Elementum é um RPG criado para a licença Creative Commons e criado há mais de 10 anos atrás. Elementum é um jogo sobre um mundo fantástico, assolado pela guerra e pela desunião, onde heróis combatem vilões usando incríveis poderes místicos.   Essa é uma versão para playtest, apenas com as regras e a ambientação. O texto abaixo com as palavras

Ler mais

Desafio dos Bandeirantes: o resgate do RPG brasileiro

Nunca é tarde para se esclarecer um assunto. Mais ainda, tenho convicção de que nunca é tarde para reparar um engano. Ou, uma injustiça. A temática nacional, fora dos meios acadêmicos, nunca teve preferência, muito menos admiração. Falar em “heróis nacionais”, “quadrinhos nacionais”, “romances nacionais” etc. dificilmente empolga ou desperta interesse, com exceção de alguns poucos ufanistas ou brasileiros menos odiosos de si mesmos. Muito embora o cinema nacional tenha ressuscitado nos últimos dez a quinze anos, de forma geral filmes, séries ou quadrinhos cuja temática gire em torno da cultura brasileira são quase sempre ignorados (se não, alvo de

Ler mais

Física e HQs (VIII)

Francisco Assis, em seu blog Física Pop, nos leva a uma interessante viagem que vai das placas de metal que cobrem o corpo de um dos vilões mais populares do universo Marvel, cuja origem remonta a morta e enterrada guerra fria, ao exoesqueletos que muito em breve estarão ajudando cadeirantes a andar, num clássico exemplo da vida imitando a arte, ou mais especificamente, da ciência imitando as HQs. O Que Está Por Trás da Armadura do Destino? No oceano de discussões infindáveis que permeia as histórias em quadrinhos, há uma pergunta sobre a qual  todas as opiniões (exceto uma) concordam:

Ler mais

Thor, virtude, sacrifício. – SPOILERS.

É a primeira vez que escrevo nesta página. Sempre digo que a primeira impressão é a que fica. A primeira apresentação é sempre tensa, ainda mais com a responsabilidade de honrar o rederpg, um espaço respeitável e valoroso em seriedade e compromisso com as questões mais profundas que o Role Playing pode suscitar. Sou professor, dou aulas de história, filosofia e sociologia. É meu trabalho apresentar as idéias, teorias e práticas de autores diversos. Neste texto, me sinto como se fosse a primeira vez que entrasse em sala de aula para começar uma disciplina que nunca trabalhei antes. Coisa séria.

Ler mais

Física e HQs (VI)

Nesses tempos de Zumbimania, todos já estamos cientes do que estocar na iminência de uma apocalipse zumbi (Mel e Ana-Maria! Sério, vá por mim!). Sabemos quais nossas chances de sobrevivência e tudo que precisamos para matar zumbis ( já deu uma conferida em Outbreak: Undead?). Certo? Nahhhh… Errado. Francisco Assis em seu blog Física Pop, nos mostra que podemos saber como lidar com o zumbi básico cambaleante (brain… brain…), o sprinter (maratonista morto correndo atrás de você!) e o senciente (morto vivo com planos maquiavélicos?!)… Mas e se forem tudo isso junto e mais? O que fazer com os malditos

Ler mais

Post Mortem: Vampiro – O Réquiem e A Máscara

Resenhas em geral, são feitas aproveitando-se da novidade. No caso dessa série de artigos, os livros do Novo Mundo das Trevas (nMdT) serão analisados anos após seu lançamento. Afinal, podemos agora comparar melhor os livros sob outra luz, inclusive mais objetiva e justa, em relação ao Antigo Mundo das Trevas (aMdT). Como a série pretende tratar de livro básicos e de linhas de livros que não foram lançadas ainda em português, optei por utilizar uma mistura, dando os nomes em português dos sistemas que já foram traduzidos e em inglês aos que ainda não foram (evitando uma tradução não-oficial). Vampiro

Ler mais

Física & HQs (IV)

Deixando o Flash para trás (o assunto… o Flash mesmo ia ser difícil deixar para trás), Francisco de Assis em seu blog Física Pop, tratou de um grande super-herói. E nunca a palavra grande foi tão literal. Então fique conosco para se divertir e aprender! O Maior de todos os SuperAmigos (literalmente…) Chefe Apache, segundo o Fábio Yabu, é exemplo de caráter, homem, mito, índio, sinônimo de super-heroísmo! O mais famoso dos Superamigos…OU NÃO! Criado em 1977 para o desenho animado dos “Superamigos” (“Challenge of the SuperFriends”), é apenas um índio da tribo dos Apaches dos dias de hoje, com

Ler mais

RetroPunk lançará “O Reino de Bundhamidão”

Salve pessoal, tudo bem? Para quem ainda não me conhece meu nome é Matheus Bueno de Bueno Funfas (sim, isso é um sobrenome, por mais que não pareça), e eu sou um dos criadores d’O Reino de Bundhamidão. Bom, talvez alguns de vocês já tenha ouvido falar do projeto, seja aqui no site da RP ou em algumas listas de discussões pela internet. Mas acho que eu, particularmente, nunca apresentei a ideia da forma como ela começou. Então, para introduzir o cenário e iniciar nossas conversas periódicas (neste espaço semanal que o Guilherme nos cedeu), vou contar como nos enveredamos

Ler mais

Arquivo REDERPG: Castelo Falkenstein

Fechando nossa leva recente de artigos relacionados ao gênero steampunk, nada mais evidente do que trazer para o novo portal uma resenha do antigo sobre o mais famoso RPG steampunk, e um dos melhores RPGs de todos os tempos: Castelo Falkenstein (Castle Falkenstein). Ela foi escrita por Luiz Felipe Vasques, membro de nossa Equipe, e foi publicada em 30 de junho de 2007.     Castelo Falkenstein – O Livro Básico Publicado originalmente em 30/06/2007  (5106 leituras) Castle Falkenstein – High Adventure in the Steam Age Como eu posso falar de Castelo Falkenstein? Bem, em primeiro eu poderia lembrar o

Ler mais

O Baronato de Shoah (release)

A Canção do Silêncio, por José Roberto Vieira O Baronato de Shoah – A Canção do Silêncio é o romance de estreia de José Roberto Vieira, uma emocionante aventura épica em um mundo fantástico e sombrio. Passado, presente e futuro se encontram com a cultura pop numa mistura de referências a animações, quadrinhos, RPG e videogames. Considerado o primeiro romance nacional pensado na estética steampunk, o mundo de O Baronato de Shoah une seres mitológicos como medusas e titãs a grandes inventos tecnológicos. Desde o nascimento os Bnei Shoahsão treinados para fazerem parte da Kabalah, a elite do exército do

Ler mais

L5R 4th edition: Enemies of the Empire (Resenha)

Os Antagonistas de Rokugan: O livro básico da 4ª edição de Legend of the Five Rings, desde sua concepção, já previa um conteúdo bem completo, abordando todo tipo de mecanismo que os jogadores podem vir a querer para seus personagens, além de excelentes mecânicas para personagens de apoio e uma leve pincelada sobre os monstros das Terras Sombrias, típicos adversários em qualquer aventura canônica de L5R. O primeiro suplemento da linha, porém, visa expandir um pouco esse campo. Comparações com os paradigmas editoriais de D&D são inevitáveis. Assim, se o livro básico é um “Livro do Jogador”, então Enemies of

Ler mais

Linha Mythic Vistas a preço de banana!

Não, não é PDF: são os livros impressos mesmo, e o título não é força de expressão. A linha Mythic Vistas da Green Ronin é uma aclamada série de cenários de RPG individuais para o sistema d20 da 3ª Edição, que adapta ambientações históricas para um contexto mítico e de fantasia. Pois bem, a Paizo está fazendo uma promoção de boa parte dos livros dessa linha, e alguns dos melhores livros estão custando apenas US$ 2,00 dólares! Dentre os que estão custando apenas US$ 2,00 dólares estão o Eternal Rome (Império Romano, 160 páginas) e o Testament (baseado nas histórias

Ler mais

Agadá RPG

Agadá (do aramaico, “história”): Acervo de conhecimentos e tradições rabínicas sobre ética, teologia, historia, folclore e lendas. Agadá RPG é Jogo de Interpretação de Papéis baseado no Antigo Testamento e na Mitologia Judaica. Aqui, você pode assumir o papel de Guerreiros, Espias, Sacerdotes e Profetas (entre outros) e vivenciar profundas e emocionantes aventuras ao lado de Anjos, Demônios, Espectros Sombrios, Múmias e Bestas Fantásticas como o temivel Basilisco, o imponente Behemote e o bizarro Ziz!. Agadá RPG é o produto de sete anos de trabalho, que mistura conceitos historicos a a mitologia e tradições judaicas e cristãs. Sobre o autor:

Ler mais

Liber Magiae – A Ordem Arcana Minosiana

“Magia clauis criationis est” (A Magia é a chave da criação) Lema da Ordem Arcana Minosiana Para a grande maioria da população, como para uma boa parte do clero e até entre a nobreza de Eurone, a Ordem Arcana Minosiana é vista como uma sólida organização que se dedica ao estudo da magia arcana pelo continente. Contudo, essa fachada é aparente, pois na verdade ela é formada por uma dezena de pequenas ordens, chamadas de Casas, unidas por um objetivo, crença e código de honra comum. Conheçam, a seguir, um pouco da história da Ordem e das Casas que a

Ler mais