in , , , ,

7 Razões Científicas porque um surto de zumbis falharia (rapidamente)

Vamos fingir por um momento que os zumbis são reais (como se metade de vocês já não sonhavam com essa coisa). Você já percebeu como a maioria dos filmes de zumbis ocorrem somente após o apocalipse já ter começado? No momento em que nos juntamos aos sobreviventes, os militares e o governo já estão eliminados e nenhuma das ruas é segura.

Há uma razão para o filme começa aí, e não antes. É porque a primeira parte, onde saímos de um zumbi para milhões, não faz qualquer sentido. Se você deixar a conversa fiada sobre zumbis para a festa zumbi, você percebe que os zumbis estariam todos mortos novamente muito antes de você ter a chance de usar esta moto serra com que você estava trabalhando. Por quê?

# 7. Eles têm muitos predadores naturais

Você sabe por que nós, seres humanos, estamos no topo da cadeia alimentar atual? Não por sermos difíceis de matar (bem, com exceção de Steven Seagal). Muito pelo contrario, nós somos pouco mais do que sacos de carne saborosos à espera de um chifre errante ou garra para espalhar nossas entranhas como uma pinata de carne. Não; estamos no topo simplesmente porque somos absurdamente bons em matar as coisas. Um bom ataque, como eles dizem, é melhor que OLHE-UM PATO! MATE-O!

Somos simplesmente muito inteligentes e estamos muito bem armados para qualquer animal selvagem nos caçar. Agora considere o pobre zumbi. Faltam-lhe todas as vantagens que tem garantido que a humanidade não seja devorada até a extinção. Ele passeia por ai a céu aberto, ele não pode usar armas, não pode pensar ou usar estratégias. Ele nem sequer tem o sentido de autopreservação para correr e se esconder quando está em perigo. E, é feito inteiramente de comida. É presa fácil para qualquer animal que o quiser.

Se você está dizendo: “Claro, mas minha cidade não está cheia de ursos que podem vir a comer todos os zumbis”, é preciso pensar pequeno. Os insetos são um grande incomodo para os seres vivos, que em alguns casos, são capazes de espantar moscas e ter um sistema imunológico que é a única coisa que evita que tenhamos nossos olhos e línguas comidos pelos vermes. Zumbis em qualquer parte do mundo, que tenha problemas com moscas vão estar repleto de larvas em pouco tempo, o que significa que a maioria de seus tecidos moles estarão infestados, e seus olhos, mais do que rapidamente serão inúteis.

Eles não são tão nojentos agora, são? OK, concordo, mas mostrem um pouco de respeito.
Eles não são tão nojentos agora, são? OK, concordo, mas mostrem um pouco de respeito.

Vamos aumentar um pouco a escala: Nos Estados Unidos, temos ursos, lobos, coiotes e pumas, todos eles, em condições adequadas, podem colocar humanos bem armados, pensando e que se movimentam rápido, no cardápio. Para a maioria dos predadores, as “condições adequadas” são quando o animal está fraco ou enfermo, traduzindo quando estão incapazes de se defender, como um cadáver ambulante. Bem, basta pensar nos milhões de cães abandonados por aí que vão aprender rapidamente que os zumbis são uma refeição fácil.

Agora imagine hordas de zumbis vagando na África. Entre leões e búfalos do Cabo (e hipopótamos e rinocerontes e elefantes), nós finalmente temos uma doença onde a África é o local mais adequado do que o resto do mundo para se defender.

# 6. Eles não aguentam o calor

Geralmente é aceito pelos peritos em zumbis que eles vão continuar a apodrecer, mesmo enquanto cambaleiam pelas ruas. O que os filmes não conseguem transmitir, no entanto, é o efeito horrível, mas estranhamente hilariante que o sol quente tem sobre um cadáver em decomposição.

A primeira preocupação é a putrefação. Graças à infinidade de bactérias que usamos no nosso intestino para digerir vegetais, chamada de flora intestinal, nossos corpos estão prontos para entrar em deterioração no exato momento em que nosso coração para. Uma vez que o calor controla o crescimento de bactérias (que ficarão muito felizes em começar a festa em você uma vez que seu sistema imunológico já não é mais uma preocupação) os zumbis tem uma data de expiração iminente no momento em que eles são criados.

Corpos mortos incham por causa dos gases criados pelas bactérias, o que significa que em áreas mais quentes Zumbis mesmo os que estiverem usando roupas leves vão começar a engordar nos primeiros dias. Após algumas semanas, o desagradável, Exército de zumbis inchados vai começar a fazer algo que é, simultaneamente, a coisa mais impressionante e perturbadora que um zumbi pode fazer: eles vão começar a explodir (ATENÇÃO! Fotos!). As condições quentes e úmidas nas partes tropicais e subtropicais do mundo (ou mesmo o verão nas partes temperadas) acelera essa condição, ou seja, um surto de zumbis em julho praticamente em qualquer lugar estaria terminada em algumas semanas apenas em virtude dos monstros furiosos estourando como balões rançosos de carne.

Na outra extremidade do espectro do calor é o calor seco. Se você está em Phoenix ou no Sahara, quando apocalipse começar, os zumbis podem começar a mumificar sob o calor do sol escaldante. Embora os sintomas normais de desidratação não serem uma preocupação para um zumbi, há o problema de dessecação. Sem meios razoáveis ​​de reposição de água em suas células, os zumbis andando no calor do Texas durante todo o dia vão sofrer danos celulares devido à exposição direta de sua pele ao sol, e graças ao efeito de secagem que o vento tem, os mortos do sudoeste vão cair por ai cada vez mais inúteis até que, em algum momento, eles simplesmente vão ficar travados no chão esperando  que os catadores venham buscá-los para a colheita anual do Jim Slim.

Então o melhor para eles é esperar que a epidemia aconteça durante o inverno, certo? Bem…

# 5. Eles não conseguem lidar com o frio

Zumbis são carne morta. Não estamos argumentando nada, isto é uma característica uma definição. Mas todo mundo se concentra na parte “morta” como se fosse uma grande coisa. Dessa forma todos costumam se esquecer da “carne”. Sabe o que mais é carne morta? Hambúrguer, bife, até mesmo aquela graxa vermelha dentro das comidas vendidas no Taco Bell.

Olhe para isso.
Olhe para isso.

Quando a carne está viva, ela tem vários tipos de sistemas de defesa para mantê-la dessa maneira. Quando ela está morta, você tem que jogá-la fora em cerca de uma semana, mesmo se você selá-la em plástico e mantê-la sobre baixa temperatura. Agora, sua primeira inclinação pode ser a de pensar no frio como amigo de carne morta, afinal, a melhor maneira de derrotar esse prazo de uma semana é o de refrigerar o bife, mantendo-o fresco por meses. Mas não se esqueça: muito frio pode fazer coisas horríveis com coisas que anteriormente estavam vivas. Se você mora longe o suficiente ao norte, o apocalipse zumbi provavelmente irá funcionar até a primeira vez que estas coisas tentarem ir para o lado de fora. O primeiro inimigo dos zumbis é o simples fato de que o corpo humano é basicamente água, e água congela. Quando a temperatura cai a ponto de congelar (ou perto deste ponto com um forte vento frio), os zumbis se tornarão significativamente mais rígidos.

Nada de transforma-los em monstros de neve.
Nada de transforma-los em monstros de neve.

Após algum tempo de exposição ao frio, um corpo morto vai ser congelado e não vai mais perseguir quaisquer vítimas histéricas, não importa o quão deliciosa e lenta a vitima seja. É também seguro supor que os zumbis vagando no meio da neve não vão estar hermeticamente embrulhados em plástico, como fazemos com os alimentos, por isso as queimaduras causadas pelo frio tornam-se um problema. Sério. A mesma coisa que arruína o seu sorvete também detona o ataque zumbi. O congelamento da carne durante a noite, combinada com descongelamento parcial durante dias mais quentes, em seguida, recongelar são as condições perfeitas para o aparecimento de queimaduras pelo frio, que é o resulta na desidratação das células na medida que a água se evapora, mesmo quando congelado como pedra. Carne queimada pelo frio não está apenas morta, ela é destruída.

# 4. Morder e uma péssima maneira de propagar uma doença

Ei, lembra daquela vez que aquele cão pegou raiva, e então um dia mais tarde, todos os cães no continente tinham, exceto por um pequeno grupo de sobreviventes amontoados em um porão? Não? Isso nunca aconteceu?

Quase todos os filmes de zumbis concordam em uma coisa: Eles se reproduzem como uma doença, que se espalha através de uma mordida infectada (como se eles tivessem um vírus que é transmitido pela saliva ou algo parecido). Mas isso também significa que sua propagação está sujeita às mesmas regras de uma epidemia normal, e morder é uma péssima forma para iniciar uma epidemia.

As doenças bem sucedidas têm alguma forma realmente inteligente e invisível para passar de uma vítima para outra. A gripe já matou dezenas de milhões, porque ele flutua através do ar, a peste negra foi espalhada por pulgas, etc. nenhuma delas requer que o infectado esteja à distância de uma mordida para espalhar a infecção. Claro, doenças sexualmente transmissíveis como AIDS trabalham dessa maneira, mas isso é só porque o infectado pode passar para os não infectados. Ninguém vai fazer sexo com um zumbi.

Embora uma procura por imagens no Google resulte em um grande volume de pornô zumbi.
Embora uma procura por imagens no Google resulte em um grande volume de pornô zumbi.

Mas digamos que há um surto, como se um zumbi fosse capaz de morder 30 pessoas na multidão em um show de música antes das pessoas começarem a desconfiar que não era parte do show. É como se a humanidade ficasse totalmente confusa e não soubesse o que fazer quando uma infecção irrompe. Nos Estados Unidos você tem o Centro de Controle de Doenças (Center for Disease Control – CDC), que não tende a brincar. Sério, está em seus cartões de visita.

Lembre-se do surto de SARS? Que se originou na China. O CDC e a Organização Mundial de Saúde colocou suas garras de fora em viagens internacionais assim que perceberam que ela havia se espalhado para a América do Norte. Voos foram cancelados, todas as viagem internas foram proibidas e apenas 43 pessoas em todo o continente morreram.

Ninguém foi esquecido.
Ninguém foi esquecido.

Com a zumbificação, eles não têm nem que resolver o mistério sobre como ela é transmitida. É aquele cara que está mordendo as pessoas. Atire na cabeça dele.

# 3. Eles não podem curar os danos do dia a dia

Uma vantagem de ter o sistema nervoso central em pleno funcionamento é que ele também faz um excelente trabalho avisando que você está machucado. Ele faz isso por meio da dor. Pense em todos os cortes com papel, dedos deslocados e balas perdidas que você levou em sua vida. Agora imagine que isso nunca curou, você apenas se sentou e deixou apodrecer enquanto continuou a acumular outros cortes com papel, dedos deslocados e tiros. Praticamente todas as feridas que você já teve terminaram com uma amputação. Uma coisa que sabemos sobre zumbis de Romero e Fulci é que eles são muito desajeitado, passando por portas e andando em direção a hélices de helicóptero sem pensar duas vezes sobre que tipo de danos que estão sofrendo.

Enquanto completa insensibilidade à dor em teoria parece ser um superpoder impressionante; na vida real, você acaba sendo mais parecido com o Sr. Burns do que com o Wolverine. A insensibilidade congênita à dor é uma condição neurológica com que algumas pessoas nascem, significa que elas não sentem dor. Elas possuem todas as outras sensações, mas a ausência de dor significa que elas acumulam machucados em seus corpos, mas não tem consciência disso. Mesmo com a capacidade de pedir ajuda, entes queridos cuidando deles e de todos os cuidados da sociedade, isso ainda pode levar a vários tipos de merdas terríveis, como partes do corpo infectadas e morder pedaços da língua.

Todos os zumbis cambaleantes vão sofrer depois de tropeçar, cair de pontes e tropeços em noites escuras acabará deixando-os desmembrados, sem dentes e com todos os ossos do seu corpo quebrados. Sério, no caso de um apocalipse zumbi, basta ficar dentro de casa, assistir todos os episódios do seu seriado favorito, em seguida, sair em seu gramado com seu Rastelo de Corpos e limpar tudo (você terá que comprar um Rastelo de Corpos, se por algum motivo você não tiver um).

# 2. O ambiente está cheio de barreiras à prova de Zumbis

Os zumbis não tem coordenação, juntamente com a incapacidade de enxergar no escuro (não tivemos qualquer zumbi com visão infravermelha ainda, mas puta merda! Opa que boa ideia) isso vai ser a destruição de inúmeros zumbis em qualquer área fora de um estacionamento. Este é um grupo que não sabe como encontrar estradas ou pontes. Eles vão vagando sem rumo. Montanhas, rios e cânions, vão rapidamente se tornar a casa de pilhas restos de zumbis fedorentos infectando a vista panorâmica. Mesmo que os zumbis tenham a clarividência de não andar sobre penhascos ou em corredeiras furiosas durante o dia, ao anoitecer eventualmente irão cair em rios, andar sobre penhascos e cair de pontes, diminuindo os seus números.

Mas, mesmo em cidades planas e pavimentadas, onde aparentemente as pessoas estariam bem ferradas, a paisagem ainda trabalha em favor dos vivos. A história tem mostrado que na maioria das situações terríveis, as pessoas nem sempre agem como os idiotas em pânico de um filme de terror. Nas cidades, as pessoas provavelmente se reunirão nos níveis superiores de arranha-céus, onde a invasão pode ser mantida à distância com simples portas de segurança. Além disso, as ruas iriam manter os mortos-vivos em linha reta, tornando-os assim alvos fáceis para os franco-atiradores, ou simples trabalhadores de escritório entediados aguardando o fim de quarentena, largando material de escritório do topo dos prédios sobre os mortos-vivos.

"Você acha que cadeiras passam por aqui?"
"Você acha que cadeiras passam por aqui?"

# 1. Armas e as pessoas que as usam

Como citamos brevemente acima, se o Homo sapiens é bom em uma coisa, é matar outras coisas. Nós somos tão bons nisso que fizemos outras espécie deixarem de existir, sem fazer nenhum esforço. Adicione à mistura o grande número de caçadores e outras pessoas armadas lá fora, os zumbis não terão sequer uma chance. Havia mais de 14 milhões de pessoas caçando com licença nos EUA em 2004. No mínimo, isso é como uma força armada do tamanho da grande Los Angeles.

Lembre-se, a razão para a existência das licenças de caça é limitar o número de animais que você tem permissão para matar, caso contrario, tudo na floresta estaria morto ao pôr do sol. Até as galhas das árvores seriam usadas como troféu para os orgulhosos caçadores tardios. É seguro assumir que quando o jogo muda de “galhada de veado” para “todos os mortos podres tentando nos comer”, não haverá falta de voluntários.

Além disso, se olharmos para os zumbis como uma espécie, eles foram projetados para o fracasso. Sua principal forma de reprodução é também a sua única fonte de alimento e seu principal predador. Se eles querem comer ou se reproduzir, eles têm que ficar cara-a-cara com seu predador número um a toda hora. É como ter que lutar com um leão a cada vez que você quiser fazer sexo ou comer um sanduíche. Na verdade, é pior do que isso: a maioria dos principais predadores são armados apenas com dentes e garras, o que significa que tem que se colocar em perigo para matar. Os seres humanos têm rifles.

Os zumbis não têm escolha senão caminhar para as balas. Alem disso não estamos contando com as armas domésticas do mundo, nem o fato de zumbis também terem que lidar com bombas caseiras, coquetéis molotov, bastões de baseball, pés de cabra e carros que o público vai sem dúvida usar para diminuir seus números.

Até agora falamos apenas da população civil; contando os militares e policiais, temos mais três milhões de pessoas armadas, e em vez de espingardas, pistolas e rifles de caça, eles têm metralhadoras, espingardas de combate, rifles, espingardas de assalto , submetralhadoras, lançadores de granadas e o taser ocasional, para não mencionar o treinamento para usá-los de forma eficaz. Mas por que eles iriam se preocupar? Quando eles poderiam simplesmente rolar sobre vários zumbis usando tanques, explodi-los com bombas de fragmentação, MOABs e cortá-los com miniguns da maldita Força Aérea que todo filme de zumbi parece esquecer.

Realmente, mesmo se zumbis existissem agora, o conceito de um apocalipse zumbi é apenas risível. Agora robôs, por outro lado …

Fonte: http://www.cracked.com/article_18683_7-scientific-reasons-zombie-outbreak-would-fail-quickly.html

2 Comments

Leave a Reply
  1. rsrs Não que eu queira um apocalipse zumbi, mas posso responder à algumas dessas hipóteses:

    7 – Predadores seriam os principais transmissores do vírus. Caso você não se recorde, mas em Rsident Evil 2 o vírus foi transmitido em grande maioria pelos ratos. Cachorros e outros animais que podem morder ou arranhar seriam mais perigosos que os próprios humanos zumbificados.

    6 – Concordo. Com pouco tempo os zumbis se transformariam em uma grande sopa. mais uma vez a contaminação pode ocorrer por animais, e imagine se alguns explodissem próximo a algum reservatório de água.

    5 – Acredito que seja a melhor forma de acabar com a praga.

    4 – Os zumbis não transmitem o vírus apenas com a mordida. Um arranhão, ou qualquer contato mais direto pode transmitir o vírus.

    3 – Fato. Mas voltamos aos animais que comeriam a carne putrefada. Lembram dos corvos de Resident Evil? Aqui no Brasil seriam urubus. kkkk

    2 – Sim, realmente há muitos obstáculos, mas vai depender de como seriam os zumbis. Se forem no estilo que correm como A noite dos Mortos Vivos (ou é a Madrugada dos Mortos, não lembro, é o mais recente, onde os zumbis correm e pulam janelas) esses obstáculos não servem.

    1 – Realmente seria um fuzilamento geral, mas consideremos que a maioria dos casos a proliferação dos zumbis ocorreu pelo ar, como vimos em Resident Evil: O Hóspede Maldito.

    Com certeza não aconteceria o apocalipse que vemos no 3 filme de Resident Evil ou em The Walking Dead, mas com certeza 1/3 ou até metade da população seria dizimada.

  2. Tudo isso vai por água abaixo se o vírus é transmitido pelo ar. Aliás, essa é até uma das opções listada em Antagonistas, suplemento para o Novo Mundo das Trevas.

    Mas não precisa ir longe. Sangue ou saliva contaminada já daria para fazer um bom estrago. Se infectar animais também.

    E há versões onde os ditos “zumbis” não são realmente mortos, e sim seres vivos infectados com alguma coisa parecida com raiva, só que muito, muito pior. Logo, todos os problemas apontados que sofreriam por estarem mortos vai por água abaixo.

Deixe uma resposta

Você sabe que joga D&D demais quando: (Parte 2)

Promoção RedeRPG 10 anos!