D&D Next – Forma Selvagem Revisada

D&D Next – Forma Selvagem Revisada

Um pouco mais de uma semana atrás, nós falamos sobre a Forma Selvagem do druida em nosso regularmente irregular podcast. Amanhã, 15 de outubro, teremos um pacote atualizado de playtest disponível para download, que inclui algumas mudanças nessa habilidade. Esta pequena atualização nesse pacote será a última. Nós queríamos tornar a Forma Selvagem o mais simples possível. Segue uma  explicação para nossa nova abordagem.

Quando o seu druida usar a Forma Selvagem, simplesmente considere o bloco de estatísticas da criatura em que você se transformou. Você mantém sua própria Inteligência, Sabedoria e Carisma, mas usa as outras estatísticas do animal escolhido.

Essa transformação se estende até você perder os pontos de vida do animal. Se receber dano suficiente para reduzir sua Forma Selvagem a 0 pontos de vida, a transformação termina. Qualquer excesso de dano sofrido se aplica ao seu total de pontos de vida atual. Por exemplo, um druida com 22 pontos de vida se transforma em uma criatura com 5 pontos de vida, então sofre 10 pontos de dano. A forma animal sofre 5 de dano, a transformação termina e o druida volta a sua forma original, que sofre os 5 pontos de dano restantes, o que lhe reduz a 17 pontos de vida.

Itens mágicos não se aplicam à sua forma animal. Equipamentos mágicos e mundanos são incorporados à forma assumida, então você não precisa se preocupar em deixar todo o seu equipamento no chão quando você mudar. Você não ganha nenhum dos benefícios de seus itens.

Suas proficiências se aplicam, e você ganha todas as proficiências da forma selvagem.

As formas selvagens disponíveis para o druida são destinadas a fornecer opções criativas para resolver problemas. Você pode se transformar em um pássaro, um peixe, ou algum outro pequeno animal mundano. Os druidas do Círculo da Lua podem assumir formas que são mais ferozes e adequadas para o combate.

De maneira geral, essas mudanças foram feitas para simplificar e reorganizar a Forma Selvagem, criando uma sensação de flexibilidade para o druida. É mais fácil simplesmente mudar para um novo conjunto de estatísticas ao assumir a forma animal, ao invés de modificar um conjunto de estatísticas a cada transformação. A maneira como a Forma Selvagem lida com pontos de vida é, talvez, a maior mudança em relação às abordagens anteriores.

Assim, essas são as mudanças da Forma Selvagem em poucas palavras. Este conjunto de regras mantém as coisas simples, enfatiza que formas como o pássaro ou o peixe são melhores se utilizadas fora de um combate, e também torna as formas forcadas no combate mais poderosas e duráveis no corpo a corpo .

Link para o artigo original: http://www.wizards.com/DnD/Article.aspx?x=dnd/4ll/20131014

Traduzido e adaptado por Rafael Silva

Comments

comments

Have your say!

0 0
Written by

Leave a Reply

Lost Password

Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.

Sign Up

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.