in , , , ,

Novidades da Onyx Path: O que muda com a compra da White Wolf pela Paradox?

Olá vampiros, destituídos, despertos, perdidos e tantos outros! Eu sou Dante Alighieri do Blog NWoD Brasil e venho hoje falar sobre uma notícia de grande repercussão, mas pouquíssima informação que o mundo dos RPGs recebeu quinta-feira passada, deixando alguns fãs muito felizes e outros (ouso dizer, muitos) apreensivos. Estou falando da compra da White Wolf pela Paradox Interactive. Como assim? Calma, eu explico.

Um pouco de história

Em 2006, a White Wolf e a islandesa CCP, conhecida por seu MMO de sucesso, Eve Online, fundiram-se e tentaram, na época, criar um MMO tendo como base Vampiro: o Réquiem. Porém, em 2011 a coisa não ia bem para o lado da CCP que acabou demitindo muita gente e cancelando o jogo online. Nesse momento, Rich Thomas, diretor criativo da White Wolf, fundou a Onyx Path, uma editora à parte que então obteve a licença de publicação dos RPGs de mesa da White Wolf. Para maiores informações sobre isso, confiram no link aqui.

A compra

Na quinta-feira passada, dia 29, a empresa sueca comprou a White Wolf e sua propriedade intelectual (IP — Intellectual Property) por uma quantia toda em dinheiro, conforme a própria notícia no site da Paradox.

De acordo com o que Rose Bailey, desenvolvedora da linha Vampiro: o Réquiem 2e, comentou no fórum da Onyx Path:

“Nós sabíamos que essa transação estava sendo planejada, mas não podemos falar dela agora. Até onde eu sei, isso inclui todos os jogos da White Wolf ainda pertencentes à CCP, incluindo ambos os Mundos das Trevas e Exalted. Isso não inclui os jogos da White Wolf que agora pertencem a outras pessoas, como Scion, Trinity e Scarred Lands.

Preocupação

O que preocupa os fãs, no entanto, é a escolha de palavras que o site reformulado da White Wolf apresenta, por exemplo:

One World of Darknes
Tradução: “Um Mundo das Trevas”, escrito logo no cabeçalho da página.

“Nosso objetivo é centralizar todos os aspectos do universo para gerenciá-los com o amor e carinho que merecem. Nós estamos agora focando em reavaliar nossas relações de negócios para garantir que estamos trabalhando com os melhores criadores, desenvolvedores e artistas do planeta!”

Além disso, no site da White Wolf apenas os produtos do OWoD (Mundo das Trevas Clássico/Antigo) são mencionados, sem nenhuma palavra sobre o NWoD (Novo Mundo das Trevas) ou a Onyx Path. Não temos nenhuma nota oficial sobre como fica a situação da Onyx Path que, na pior das hipóteses, pode até perder os direitos à licença. Mas, claro, não sem antes publicar tudo que já foi anunciado até agora pois, se foi anunciado, é por que já foi contratado, mesmo que tenha sido pela CCP.

Também não é pra tanta preocupação…

O twitter oficial da Onyx Path publicou o seguinte comentário em resposta a um fã preocupado:

Assume business as usual unless you hear otherwise.
Tradução: Assuma que as coisas estão normais a não ser que você ouça o contrário.

Alguns outros desenvolvedores da Onyx Path comentaram sobre o ocorrido garantindo que, por enquanto, não há motivo para pânico. Entre eles, temos Dave Brookshaw, desenvolvedor responsável pela linha Mago: o Despertar 2e:

“Me falaram que a curto prazo nada será afetado e ainda estamos esperando para ouvir sobre os planos a longo prazo. Não tem sentido em se preocupar com isso até o Rich (Thomas) falar com os novos donos.”

…Mesmo!

Se não bastasse isso, o Diretor Criativo da Paradox, Martin Ericsson, além de ter sido o modelo para a ilustração do clã Tzimisce do V20, é um grande fã tanto do OWoD quanto do NWoD. No Facebook ele fez o seguinte comentário:

“Minha coleção pessoal de WoD inclui uma quantidade ENORME de material do NWoD junto do meu querido OWoD e Promethean é um dos meus jogos favoritos de todos os tempos. Dito isto, é cedo demais para que eu possa sequer dar uma pista dos nossos planos. A transação foi feita alguns dias atrás, então, obrigado pela sua paciência.”

Conclusão?

Por enquanto, não adianta nos preocuparmos demais. Como vocês puderam ver acima, a Onyx Path vai compartilhar as informações assim que puder. Além do mais, o Martin Ericsson é um fã de ambas as linhas, o que dá bastante esperança.

Portanto, vamos comemorar a quarta edição de Vampiro: a Máscara, os outros kickstarters das linhas de 20 anos e os jogos do NWoD que estão saindo ou vão sair, como Beast: the Primordial, Dark Eras, Mago: o Despertar 2e, Promethean: the Created 2e bem como os futuros Hunter: the Vigil 2e e a linha nova de 2016, Deviant: the ??? (o subtítulo ainda não foi revelado).

Me despeço por aqui. Até a próxima! Aproveitem e visitem o meu blog, NWoD Brasil e vejam vários artigos sobre o Novo Mundo das Trevas, da Onyx Path.

Dante.
Equipe NWoD Brasil

Deixe uma resposta

D&D 5ª Edição: Sword Coast Adventurer’s Guide (release)

Mundo das Trevas: Mais informações sobre a compra da White Wolf pela Paradox